Itaguaí pode receber mega conjunto habitacional para até 350 mil novos moradores!

Cidade de Itaguaí poderá ter o maior conjunto habitacional do país.

Título da postagem original:

Rio tem local para construir 75 mil habitações para moradores de áreas de risco.

Levantamento feito pela Secretaria Estadual do Ambiente indica que o estado do Rio de Janeiro possui áreas para a construção de cerca de 75 mil habitações. Segundo o secretário do Ambiente, Carlos Minc, o número é suficiente para abrigar moradores realocados de áreas de risco, como encostas e beiras de rios. O secretário proferiu uma palestra nesta terça-feira na abertura da Semana do Meio Ambiente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O estudo aponta que há 39 terrenos no estado, sendo 14 nas zonas norte e oeste da capital, quatro em Itaboraí e em Itaguaí, na região metropolitana e 20 em municípios da região serrana. O estudo também constatou que as áreas possuem capacidade de abrigo para aproximadamente 350 mil pessoas.

O secretário estadual de Habitação, Leonardo Picciani, disse que analisará os próximos passos a serem tomados após o recebimento do estudo completo. “Com relação ao estudo, feito pelo Inea [Instituto Estadual do Ambiente], eu recebi o anúncio feito pelo secretário do Ambiente, pela imprensa. Ele informou que futuramente encaminhará à área de infraestrutura do estado para as secretarias de Habitação e Obras para que se possa fazer uma avaliação técnica”.

Picciani também informou que o défcit atual do estado do Rio é de 450 mil moradias. E que atualmente os moradores de áreas de risco são realocados em habitações construídas por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal.

3 comentários:

  1. Candinhafaladeira8 de junho de 2011 16:40

    Professor Danilo Aguiar,então vão querer trazer pro nosso Municipio, 350.0000 pessoas, que moravam em áreas de riscos, favelas,beirada de valões, invasões etc, com poder aquisitivo mínimo,para se juntar aos nossos problemas e transformamos o nosso Município num monstrego que só poderia ser elaborado pelo cabeça do Grande Sérgio Cabral , endossado pelo Minq.Não é preconceito não ! é ser realista .

    ResponderExcluir
  2. Pelo que entendi do texto, SIM. Só se houve algum erro de interpretação minha ou de quem escreveu o artigo.

    ResponderExcluir
  3. Espero que coloquem as pessoas que realmente moram em areas de risco e em APPs do municipio,moradores m beira de valões como da rua 17 e 18 no bairro do engenho, no valão da ponte preta etc...
    Pois a CPI das casinhas do Chaperó ta mostrando que há algo errado. por isso abriram CPI. A Câmara de vereadores teram que fiscalizar de perto. atraves de comissão.

    ResponderExcluir

O Blog Cidadania do Porto faz moderação dos comentários, acreditamos na liberdade de opinião, pensamento e expressão. Porém, não podemos autorizar publicação de comentários contendo calúnias, difamações ou informações não-comprovadas. NÃO SERÁ PUBLICADO COMENTÁRIOS ANÔNIMOS quando for citado o nome de uma pessoa ou de uma unidade ou setor da prefeitura, DIRETA ou INDIRETAMENTE, NÃO INSISTAM! COMETÁRIOS contando tais referências deverá constar o perfil válido da pessoa que está escrevendo!